Palestras e apresentações especiais marcam o Outubro Rosa na Câmara de Chã Grande – Câmara Municipal de Chã Grande

Hora: / ,

Palestras e apresentações especiais marcam o Outubro Rosa na Câmara de Chã Grande

Publicado em 21 de outubro de 2019, por Paulo Sérgio

Conhecida como a casa do povo chã-grandense, a Câmara Municipal recebeu na manhã desta segunda-feira (21), o evento alusivo ao Outubro Rosa. Uma programação especial marcou o dia, com palestras sobre saúde e apresentação do Coral do Amor, do projeto Saber Viver, do Recife. Esse foi o terceiro ano que o evento foi realizado na casa legislativa.

A abertura foi com o presidente da Câmara, vereador Jorge Luís (PL), que ao lado da primeira-dama do município e secretária de Desenvolvimento Social, Alexandra Gomes, da vereadora Célia de Jaci (REDE) e da Professora Natália, organizadora do movimento, destacou a importância da ação para conscientizar as mulheres chã-grandenses.

“É com muita satisfação que recebemos no dia de hoje mais esse evento realizado na cidade de Chã Grande, que tem todo o empenho da Professora Nathália. A gente fica muito feliz em receber um evento desse, que cria todo um ambiente de conscientização sobre esse mal. A Câmara não poderia ficar de fora”, destaca o parlamentar.

Antes do evento chegar até a Câmara Municipal, os participantes seguiram em caminhada pelas principais ruas da cidade, com a participação de escolas públicas e privadas, além do Centro de Convivência de Idosos (CCI), profissionais de saúde e a população em geral.

No auditório da Casa Paulo Viana de Queiroz, a Secretaria de Saúde ofereceu algumas palestras para o público sobre a importância dos cuidados que as mulheres devem ter com a saúde. Além disso, a alimentação também foi lembrada, já que, segundo a nutricionista Melânia Freitas, o sobrepeso pode significar fator de risco para o surgimento de câncer.

Um dos momentos marcantes também do evento foi o depoimento de Natália Silva, que aos 29 anos luta contra um câncer de mama, descoberto ainda em 2016. Desde o ano seguinte ao descobrimento de sua condição, Professora Natália, como é conhecida popularmente, iniciou a ação, reunindo outras mulheres que enfrentam ou que já enfrentaram a doença, formando o grupo “Amigas do Peito”.

“Eu acho importante, é uma forma de conscientizar. Nós mulheres temos tempo de cuidar de todos, da casa e esquecemos da gente. Então é um modo de chamar um pouco a atenção. Prevenção é cuidar de você mesmo”, comentou, durante a caminhada. “Eu não vou desistir de lutar pela minha vida”, disse, emocionada, fechando o evento na Câmara de Vereadores.


ACESSO RÁPIDO