Câmara realiza audiência pública sobre a seca – Câmara Municipal de Chã Grande

Hora: / ,

Câmara realiza audiência pública sobre a seca

Publicado em 08 de abril de 2013, por Paulo Sérgio

A Câmara Municipal de Vereadores realizou na manhã da última segunda-feira, 25, uma audiência pública, que contou com a participação dos poderes executivo e legislativo do município, técnicos, agrônomos e população em geral, discutindo ações a serem tomadas com relação ao problema da falta d’água na zona rural do município de Chã Grande.

A situação dos agricultores chã grandenses não é das melhores. Segundo estudo da Defesa Civil do Município, os agricultores perderam mais de R$ 2 milhões de reais com a estiagem prolongada. Os mananciais que correm pelos sítios e fazendas nos tempos normais, hoje estão completamente secos, ou com sua capacidade afetadas, com isso os agricultores não tem como irrigar suas plantações que acabam perdendo-se com a falta de água, o recurso natural valoroso para a vida.
Com esta preocupação em mente, as autoridades do município decidiram abrir espaço na Câmara, que é a casa do povo, assim chamada, para debater ações a serem tomadas sobre este assunto, como também a formulação de um decreto de estado de emergência para pedir socorro as estâncias superiores.
A reunião contou com a presença do professor da Universidade Federal Rural de Pernambuco, Vicente de Paula, considerado um especialista no assunto, que expôs as suas idéias ao público. Uma dessas idéias foi a criação da Comissão Permanente de Seca, que foi aceita por todos e deverá contar com pessoas integrantes dos vários segmentos da sociedade.
Ainda estiveram presentes, os secretários de Maio Ambiente, Agricultura e Finanças, Heleno Alves, Marcelo Ferraz e Aurikelly Alves, respectivamente. Os agrônomos Emeson Campos, Fábio, Gilberto Braga, técnico do IPA, Inácio Cândido representando o Banco do Nordeste, Zacarias presidente do sindicato dos Trabalhadores Rurais de Chã Grande, dos vereadores Zé Maria, Gilvan Bolão, Danielle Alves, Gilvan Pontaleão, Jorge Luís, Ninho Moto Táxi, Sandro Corrêa, e o presidente da Casa, Sérgio do Sindicato, além do vice prefeito Léo de Seu Dida e do prefeito Daniel Alves.
Para Daniel, esta audiência pública mostra a sintonia em que estão trabalhando os poderes: “Veio fortalecer o projeto de decreto de emergência, de fato que todos os órgãos estão falando na mesma língua, no sentido de que possa ser feita a defesa da população.”
Já o vereador Sérgio do Sindicato destaca o resultado da audiência: “O resultado desta audiência pública com certeza será construtivo , trazendo assim benefícios para os agricultores do município, que vem sofrendo com o problema da estiagem. Esse primeiro passo que está sendo dado, no futuro breve, iremos colher os resultados.

ACESSO RÁPIDO