Câmara de Chã Grande segue parecer do TCE-PE e reprova contas de 2015 de Daniel Alves – Câmara Municipal de Chã Grande

Hora: / ,

Câmara de Chã Grande segue parecer do TCE-PE e reprova contas de 2015 de Daniel Alves

Publicado em 16 de julho de 2020, por Paulo Sérgio

 

O ex-prefeito de Chã Grande Daniel Alves (PSC) teve suas contas do exercício 2015, de sua última gestão, reprovadas na noite desta quarta-feira (15), na Câmara de Vereadores. A sessão, presidida pelo vereador Jorge Luís (PL), contou com a análise do parecer do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE), que recomendou ao legislativo municipal a reprovação das contas do ex-gestor, tendo como base 14 pontos discordantes na prestação de contas daquele ano.

A reunião contou com a presença de dez dos 11 vereadores. Apenas o vereador Irmão Zaninho (PL) não esteve presente. Após aberta a sessão, o vereador Jorge Luís deu sequência aos trâmites de apreciação das contas, cabendo ao procurador jurídico do legislativo, Dr. Willian Pessoa, a leitura das peças que envolvem o processo no TCE-PE, além da defesa por parte do ex-gestor.

Em seguida, o presidente abriu espaço para discussão. Utilizaram do espaço os vereadores Jorge Luís, Ninho Mototáxi (PL), Danielle Alves (PDT), Beto Karias (PL) e Célia de Jaci (Avante), com a defesa de seus votos na tribuna da Casa Paulo Viana de Queiroz. A votação teve início logo após, com o primeiro voto do vereador Demir, favorável ao parecer do Tribunal de Contas. A vereadora Danielle Alves empatou a votação, se posicionando contra o parecer.

Os votos favoráveis chegaram a contabilizar 7 a 1, com votos em sequência da vereadora Célia de Jaci e dos vereadores Inaldo do Raio-X (Aavante), Ninho Mototáxi, Jorge Luís, Beto Karias e Rodrigo da Malhadinha. Os vereadores Sérgio do Sindicato (PT) e Dandão (PDT) seguiram a vereadora Danielle Alves e também votaram contra o parecer. O resultado final apontou 7 a 3 favorável à reprovação das contas do exercício 2015.

Ao final da sessão, o vereador Jorge Luís informou aos vereadores e ao público o envio de todo o conteúdo da sessão para o prosseguimento do processo no Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco. Serão encaminhados ao TCE-PE o resultado da votação, bem como as justificativas dos votos contrários dos vereadores da bancada de oposição.

Visitantes – A reunião desta quarta-feira registrou a presença de quatro vereadores gravataenses. Participaram os parlamentares Nego Suíno, Dode Flores, Marcelo Motos e o presidente da Câmara de Gravatá, Léo do Ar, que também esteve representando a União dos Vereadores de Pernambuco (UVP).


ACESSO RÁPIDO